Sobre a cidade

Igreja matriz de Cedral. 

Cedral é uma pequena cidade da região noroeste paulista, próxima de São José do Rio Preto pertence à região administrativa e à região de governo dessa cidade. A proximidade com São José do Rio Preto faz com que Cedral participe ativamente dos fenômenos econômicos e movimentação populacional que ocorre no seu entorno.
É comum a abertura de loteamentos em Cedral que são vendidos para pessoas de São José do Rio Preto e região, muitas pessoas  de Cedral trabalham e usufruem do comércio de São José do Rio Preto, festas, eventos e lanchonetes de Cedral recebem pessoas da região. Diante disso, é possível afirmar que Cedral está totalmente integrada à São José do Rio Preto.

História.
Cedral surge com a vinda de migrantes em busca das terras férteis e oportunidades de comércio por volta de 1900. Tornou-se distrito de São José do Rio Preto em 1919, antes era distrito policial da mesma cidade. Em 1929 tornou-se município, desmembrando-se de São José do Rio Preto.
O IBGE disponibiliza o seguinte histórico:

Estação Ferroviária de Cedral -1927-1927. (Foto: Álbum Ilustrado da Comarca de Rio Preto)  

"O povoamento de Cedral iniciou-se por volta de 1900, com a chegada dos primeiros povoadores, como Felício Botino, cel. Severiano Vicente Ferreira, cel. Silvério da Cunha Lacerda, Vicente Ferreira da Silva. O nome do lugar, segundo alguns, decorre da abundância da madeira cedro encontrada na mata original, ou para outros, da denominação anterior do córrego que banha a área.
A fundação do povoado é atribuída a Felício Botino, construtor da primeira casa de madeira, substituída logo depois por outra de tijolos.
Próxima a essa edificação, o imigrante Sírio Nicolau Azziz edificou sua casa, segundo das famílias Felipe Scarpelli, Nicola de Pietro, Francisco Turano, Antônio Alves e muitas outras, que trouxeram o progresso rápido à povoação.
Em 1911, a Estrada de Ferro Araraquara inaugura a estação em Cedral, consolidando o desenvolvimento local. Nessa época, Felipe Scarpelli e Francisco Baione iniciam a venda, em lotes, de suas terras na parte baixa e alta da vila."
Fonte: IBGE-Cidades [online] <http://www.cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?lang=&codmun=351130> Acesso 05/01/2015.

Câmara Municipal, instalada na antiga Estação Ferroviária (2014).

A chegada da Estrada de Ferro  foi de extrema importância para a localidade, dali saiam e chegavam muitas mercadorias. Em consultas bibliográficas sobre a cidade nota-se que a estrada de ferro cortava a cidade em duas partes, a linha férrea e a estação ferroviária ficavam no meio dividindo a cidade em parte alta e parte baixa. Essa divisão, de certa forma, promovia uma certa disputa entre as duas partes da cidade, as quais disputavam e reivindicavam melhorias. 
"Na parte superior à linha, o conjunto é mais homogêneo e pitoresco, porque se dilata através de uma área plana, onde as ruas e as construções obedecem a todos os preceitos da urbanização moderna." (CAVALHEIRO; LAURITO, 1928-1929. p. 912)

Dados.
População - 8.337 (2014);
Urbanização - 80,75%;
Renda per capita - 736,05 (2010);
Coleta de lixo - 99,76%;
Abastecimento de água - 98,81%;
Esgoto sanitário - 96,30%;
PIB - 149,26 (2010, em milhões de reais);
PIB per capita - 18. 582,48 (2011, em reais).

Para a Fundação Seade, em 2010 o município se encaixava no Grupo 4, o que representa: "Municípios que apresentam baixos níveis de riqueza e nível intermediário de longevidade e/ou escolaridade."

Prédio que abriga a agência do Banco do Brasil em Cedral (2014).

Distâncias de Cedral a:
São José do Rio Preto - 19 Km;
São Paulo - 428 Km;
Potirendaba - 22,9 Km;
Uchoa - 21,6 Km;
Guapiaçu - 15,6 Km;
Brasília - 738 Km.
Fonte: Google Maps.

Referências:
CAVALHEIRO Abílio Abrunhosa; LAURITO, Paulo. Álbum Ilustrado da Comarca de Rio Preto. São Paulo: Duprat Mayença, 1927-1929.
MANGINI, João. Cedral: lembranças de um tempo.São José do Rio Preto: (?), 1997.
PEROZIM, José Roberto. As raízes do cedro. : história, nascimento e evolução da cidade. Americana: Edições Burity, 2000.  
Fundação Seade - Perfil Municipal [online] <http://produtos.seade.gov.br/produtos/perfil/perfilMunEstado.php> Acesso 05/01/2015.
Fotos: Alexandre de Freitas, exceto estação antiga. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...